Comportamento de risco no trânsito:

análise de 15 anos da literatura científica brasileira

Autores

  • Marta Alice Nelli Bahia Faculdades Integradas de Bauru
  • Hugo Cardoso Universidade Estadual Paulista - Unesp

DOI:

https://doi.org/10.55391/2763-7883.2023.2637

Palavras-chave:

Trânsito, Risco, Motoristas

Resumo

Comportamentos de risco no trânsito é um tema que merece atenção por constituir em importante problema social e de saúde pública. A análise dessa temática torna-se relevante tanto para a pesquisa, quanto para as intervenções na área da Psicologia do Trânsito na medida em que se pode, a partir de seu estudo, verificar as principais variáveis de risco para os acidentes de trânsito, grupos mais vulneráveis, bem como se refletir acerca de políticas públicas que auxiliem na educação para o trânsito e diminuição dos índices de acidentes. Este estudo analisou criticamente a literatura científica nacional sobre comportamentos de risco no trânsito, publicada entre 2003 e 2018, nas bases de dados PePSIC e SciELO. Dos principais resultados, foram analisados 21 artigos, com a maior parte publicada no ano de 2014. Os periódicos que mais publicaram foram relacionados à Psicologia e saúde no geral. As amostras mais investigadas foram de estudantes (que dirigiam), motociclistas e motoristas, com predomínio de idade na fase jovem adulto. Acidentes de trânsito e consumo de álcool as variáveis mais associadas aos comportamentos de risco nos estudos. Entrevistas e instrumentos psicométricos foram os mais utilizados para a avaliação dos comportamentos de risco no trânsito. São feitas considerações sobre a temática e sugestões de novos estudos a partir das lacunas identificadas por meio desta pesquisa. Limitações e a agenda de pesquisa são apresentadas ao longo deste manuscrito. Espera-se que, com esta pesquisa, novas investigações sejam desenvolvidas com o intuito de diminuir os indicadores de acidentes de trânsito que são tão presentes na realidade brasileira.

Downloads

Publicado

2023-10-03